Categorias
Posts recentes
Busca por assunto
Arquivo
RSS Feed
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Domingos sem Deus e Um estranho no Corredor - minhas leituras

Na semana de 18 a 24 de dezembro li dois livros: Domingos sem Deus, de Luiz Ruffato, e O Estranho no corredor, de Chico Lopes. Ruffato eu considero — se não disse até agora, fica dito aqui — um dos grandes escritores da atualidade no Brasil. Em Domingos sem Deus ele se esmera na ternura, não há uma ênfase formal tão grande como em Eles eram muitos cavalos. Domingos sem Deus parece querer se concentrar em histórias humanas, ir fundo no que de mais sofrido existe nos sentimentos do desterrado. É um livro que terminei com um sentimento misto: melancolia pelas personagens e alegria por ter lido um texto tão bom. Então paro por aqui, pois não quero chover no molhado. Passo a falar de Chico Lopes.

A GRENHA

Blog de
Ivone Benedetti
 
Contato